Doação de Óvulos

DOAÇÃO DE ÓVULOS: QUANDO NÃO FOI POSSÍVEL A PRESERVAÇÃO DA FERTILIDADE

Recomendada quando os ovários foram permanentemente danificados pelo tratamento do câncer e não podem mais produzir óvulos. Uma doadora de óvulos, anônima ou não, recebe estímulo hormonal para produção de oócitos, que são captados e fertilizados com o esperma do parceiro da paciente para a formação do embrião. O embrião é transferido para o útero da paciente, que seguirá com a gestação.